Dicas Úteis

Onde posso almoçar?

Existem diversas opções no técnico e em redor do técnico para o almoço. Desde o Bar ou da Esplanada da AE, perto do recinto, onde se serve comida caseira confecionada na hora, até aos cafés e restaurantes que existem nas ruas adjacentes ao Técnico. Frankie ́s, Mcdonalds ou Kebabs, no segmento de fast food, Rialva, “Açúcar e Canela”, Vitaminas ou Hamburgaria do Técnyco para quem pretende uma refeição mais saudável.

Como me devo preparar para falar com empresas?

No site da Jobshop, no segmento Empresas -> Participantes, podes descobrir as empresas que vão estar presentes na 30.ª edição da Jobshop, avaliar as que serão do teu interesse e ler a descrição destas. Se quiseres, pesquisa mais sobre a área de atuação e os projetos da empresa, irá sempre causar boa impressão saberes o máximo que conseguires.

Para além disto, é importante teres uma conta no Portal de Emprego da AEIST com o teu CV atualizado. A 30.ª edição da Jobshop irá ter integração direta com o Portal, com as ofertas das empresas presentes na plataforma que podes aceder com uma simples leitura de um QR code, pelo que recomendamos que tenhas uma aplicação de leitura de QR code’s sempre à mão!

Se ainda não tens um perfil no Portal de Emprego regista-te já em emprego.aeist.pt.

Como falar com as empresas?

A abordagem a ter com cada empresa depende um pouco do objetivo que tens. Uma boa maneira de quebrar o gelo é apresentares-te, dizeres o teu curso e de que ano és e em seguida perguntares à empresa o que são e o que procuram. Daqui para a frente, se porventura estiveres interessado em trocar contactos com a empresa, pergunta se têm um programa de estágios ou que tipo de profissionais procuram. Em muitos dos casos, caso demonstres ter um perfil cativante, serão as empresas que demonstrarão interesse em ter o teu contacto. É importante, no entanto, manteres sempre uma postura séria e humilde, não te esqueças que vais estar a falar com pessoas que possuem uma experiência superior à tua.

Como me posso diferenciar?

As empresas vão falar diariamente com dezenas de pessoas, pelo que é provável que cheguem ao final do dia e não se lembrem de todos os pequenos detalhes de todos os estudantes. Aliás, muito provavelmente nem se vão lembrar de 80% das pessoas com que falaram. Fala de experiências relevantes, projetos e atividades que estejas envolvido, para que quando o representante da empresa olhe para o teu currículo se lembre que falou contigo na JobShop. Acima de tudo, coloquem-se no lugar oposto e pensem “Porque é que esta empresa teria interesse em mim? O que faz de mim um candidato melhor?”

Sejam claros relativamente ao que querem e ao que pretendem: “Estou aqui porque gosto muito desta industria; quero saber mais sobre esta área de atividade; quero saber que desafios é que um profissional desta área enfrenta diariamente; estou à procura de estágios neste setor”. 

Não faço parte do público-alvo. E agora?

Um dos pontos mais importantes é perceber que a maior parte das empresas procuram finalistas, para contratar para um full time job, pelo que muitas vezes podes ser confrontado com uma resposta do género “Não procuramos pessoas de x ano”. Não desanimes! Pergunta como podes enriquecer o teu currículo nos anos que ainda tens de curso para seres o candidato perfeito. Pergunta como podes corresponder ao que os recrutadores pretendem no momento de recrutamento “Que soft skills querem? Há alguma cadeira ou alguma especialização necessária? É necessário ser um expert em algum tipo de software como o Matlab?”.

Muitas empresas têm também programas de estágios de verão, o que é uma ótima oportunidade para teres uma experiência profissional diferenciadora. Pergunta sobre este tipo de programas, mostra te interessado e interessante, quem sabe não ficas com um contacto que te trará mais valias no futuro!

O que é o Speed Meeting?

O speed meeting pretende ser uma abordagem mais moderna e empreendedora no contacto com as empresas. Idealizada para os alunos finalistas que pretendem maximizar as suas oportunidades, irá consistir numa sessão em que te colocamos em frente a diversas empresas e te damos 2 minutos para realizares um “elevator pitch”, ou seja, um discurso marcante e cativador onde te apresentas como o candidato ideal para a empresa. Descobre mais na secção Evento -> Atividades -> Speed Meeting.

Como posso registar as informações dos estudantes?

A 30.ª edição da Jobshop terá integração direta com o Portal de Emprego da AEIST, pelo que qualquer aluno, nomeadamente os finalistas, poderá colocar as suas informações pertinentes, como o CV, na plataforma. A forma mais simples de ter acesso a estes dados será através da leitura dos QR Codes, pelo que será importante os representantes das empresas possuírem um modo de os ler.

Onde posso almoçar?

Os pacotes de patrocínio Gold, Diamond e o pacote Premium têm direito a almoço facultado pela organização. Se os representantes de empresas com os restantes pacotes  pretenderem almoçar dentro do técnico, existem as seguintes opções, com os preços já indicados:

  • Bar da AEIST (Pav. AEIST, Piso -1) – Prato + Bebida + Sobremesa ou Sopa – 4.30€

  • Bar do Pav. Central – Sopa+Baguete+Bebida – 3.5€ – 5€

  • Cantina – Sopa+Pão+Prato+Salada+Sobremesa+Bebida – 2.60€

  • Bar do Pav. Civil – Prato Principal (com salada) + Sopa (extra) – 3€ – 4€

  • Cantina de Civil – Sopa+Pão+Prato+Salada – 3.70€

  • Bar do Pav. Mecânica II – Sopa+Sandwich+Bebida – 3€ – 4€

  • Bar Alquimia – Prato+Bebida+Café – 4.10€

  • Cantina de Matemática – Sopa + Pão + Prato + Salada + Sobremesa – 4.65€

  • Bar do Interdisciplinar – Prato+Salada – 3.70€

Existem também diversas opções em redor do técnico para o almoço. Frankie ́s, Mcdonalds ou Kebabs, no segmento de fast food, Rialva, “Açúcar e Canela”, Vitaminas ou Hamburgaria do Tecnyco para quem pretende uma refeição mais saudável.

Caso seja necessária alguma ajuda, irão existir 2 stands da AEIST no recinto, que irão surgir como pontos de informação e para esclarecer eventuais dúvidas que surjam.

Quais são as horas com mais adesão?

O horário com maior afluência por parte dos alunos é normalmente do 12h00-15h00, durante o intervalo de almoço, pelo que alertamos que durante este horário deverá existir sempre algum representante no stand da empresa. Caso desejem almoçar a esta hora, aconselhamos a que exista um sistema de rotatividade que garanta que durante este período exista sempre alguém presente.

Alguma dúvida ou problema que surja, podem sempre dirigir-se a um dos dois pontos da AEIST no recinto.

Quando posso montar ou desmontar os stands?

Para as empresas que participam os 3 dias do evento, a montagem será feita dia 7 Maio Segunda Feira, das 14h00 às 20h00, e a desmontagem realizar-se-á a partir das 18h30 de dia 10 Maio.

Caso apenas participem 1 ou 2 dias, a montagem e desmontagem deverá ser
feita nos próprios dias. Para mais informações ou caso surja alguma dúvida, poderá dirigir-se a um dos dois stands da AEIST.

Terei estacionamento durante o evento?

Alertamos para o facto de que a entrada autorizada no parque de estacionamento do Instituto Superior Técnico apenas poderá ser feita para a montagem e desmontagem dos stands, não podendo as viaturas permanecer no parque durante toda a feira. A entrada das viaturas deverá ser feita pela Av. Rovisco Pais.

Sugerimos como alternativas os parques de estacionamento Alves Redol, Arco do Cego ou o Parque de Estacionamento da Alameda (ambos com acesso Via Verde).